Portuguese Spain English

Everyday Somewhere

Morretes by Car and Train

A viagem que leva a Morretes começa na BR-116, se você for de carro, e termina na Estrada da Graciosa, uma estrada pertencente ao governo do Paraná que utiliza a antiga rota dos tropeiros em direção ao litoral do Estado, interligando Curitiba as cidades de Morretes e Paranaguá. São 33 quilômetros calçados em paralelepípedos e repleto de curvas sinuosas evolvidas por encostas floridas, picos, montanhas, mar e cachoeiras. Para melhor apreciar o cenário encantador, há mirantes estratégicos. A estrada foi inaugurada em 1873 e requer baixa velocidade por dois motivos: curtir o visual e evitar acidentes, há muitas curvas, o calçamento não é dos mais confiáveis e a visibilidade costuma ser prejudicada por conta dos nevoeiros.

The journey that taes you to Morretes starts on the BR-116 road and ends in the Estrada da Graciosa. This road, under the jurisdiction of the state of Parana, uses the old drovers’ route that makes its way to the coast, passing on its way the city of Curitiba, Morretes and Paranagua. In total, the cobblestone road meanders for 33Km through a dense forest, mountains, waterfalls and always with the sea as its background. In order to take in the complete view there are some strategically placed viewpoints points where you can park your car. The road was officially opened in 1873 and requires drivers to take it slowly in order to enjoy the views  and due to the dangerous curves which are made worse by the dense fog that often drifts in. 

 No total a viagem para o mar será de  110 quilômetros viajando pela maior área preservada de Mata Atlântica do Brasil, marcado pela mata tropical e pelos belos riachos que nascem na Serra do Mar. Por isso, em 1993, parte do trecho da Serra foi declarada pela UNESCO como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, também por uma ferrovia com 125 anos de história. O Trem da Serra do Mar Paranaense parte diariamente de Curitiba rumo à cidade de Morretes e aos domingos chega também em Paranaguá. Aproximadamente 3 horas de viagem.

In total, the journey to the sea will cover 110Km running straight through the Atlantic Forest, a dense tropical forest, and rivulets that spring from the Serra do Mar. Due to the beauty of this area, it was distinguished in 1993 by the UNESCO as a Atlantic Forest Biosphere Reserve. Included within this is also is an historic railway which has been in use for over 125 years. The Trem da Serra do Mar Paranaense leaves Curitiba daily and stops at Morretes, a journey that is extended on Sundays to the coastal city of Paranagua and taking approximately three hours. 

Trecho Curitiba – Morretes (diariamente – daily)

TIPOS DE VAGÃO IDA/ ONE WAY VOLTA/ RETURN
adult kids adult kids
Econômico R$ 57,00 R$ 40,00
Turístico R$ 74,00 R$ 48,00 R$ 57,00 R$ 39,00
Executivo R$ 107,00 R$ 52,00 R$ 75,00 R$ 44,00
Litorina de Luxo R$ 270,00 R$ 189,00 R$ 200,00 R$ 140,00
Camarote 8 lugares R$ 640,00 R$ 480,00

Você deve ter em mente, que a viagem de trem é uma das mais famosas e belas do Brasil, em uma ferrovia dentro da reserva ecológica da Serra do Mar. O percurso passa por diversas pontes, túneis e viadutos tornando-se a primeira obra com essas características a ser construída no mundo. O trajeto passa pelos seguintes locais: Represa Caiguava, Túnel Roça Nova, Represa do Rio Ipiranga , Santuário do Cadeado e os que mais se destacam são a Ponte São João, com 55 metros de altura, da onde se têm uma vista sensacional de toda a região de Paranaguá e Morretes.

You must keep in mind that the train journey is one of the most popular and beautiful in Brazil as it crosses through the ecological reserve, so you will need to keep an eye on tickets. The journey crosses over a number of bridges, tunnels and viaducts; making it the first of its kind. You will cross a number of local landmarks such as the Caiguava and Rio Ipiranga dams, the Roca Nova tunnel and one of the picture postcards of the journey, the Sao Joao Bridge which rises to a height of 55m providing amazing views over the Paranagua and Morretes regions.

Decidimos parar na cidade de Morretes, que foi fundada em 1721 e está localizada no meio da Serra do Mar paranaense, entre a Capital e o litoral.O bucolismo de sua rotina, o clima agradável, as opções de ecoturismo, as atrações gastronômicas e as construções históricas atraem centenas de curitibanos à cidade todos os finais de semana. Morretes está sendo descoberta por turistas que amam a natureza e buscam, por meio do ecoturismo, uma interação com o meio ambiente.

We decided to stop off at the city of Morretes which was founded in 1721 and is located in the middle of the Serra do Mar, in between the city of Curitiba and the sea. The relaxed charm, warm temperatures and developed ecotourism, its culinary delights and historical buildings attract hundreds of visitors from the capital over the weekends. Morrestes is being discovered by tourists who loved nature and seek, through ecotourism, an interaction with the environment.

Depois de uma longa caminhada você pode estar com um pouco de fome, então siga para o restaurante Madalozo, onde além de servir, dão uma apresentação sobre o famoso prato típico da região, o barreado. Ele consiste em uma carne cozida, servida com arroz e farinha de mandioca. O segredo na preparação é o tempo de cozimento na panela de barro, cerca de vinte horas, o suficiente para desfiar toda a carne. Devo admitir que eu possa ter exagerado com a farinha de mandioca,o resultado final não fcou tão bom assim. rsrs

After a walk around town you might feel a little peckish? Then head for the Madalozo restaurant where, a part from serving your food, they actually provide a presentation of the typical local dish, the barreado. Consisting of cooked beef served with rice and mandioc flour, the secret of the dish resides in the cooking time of 20hrs within a clay pot. I must admit that I might have overdone the mandioc flour as I did not enjoy it that much..

Ainda pelo Brasil…próxima parada é impressionante Cataratas do Iguaçu e a nossa opinão sobre os dois lados, Brasil e Argentina.

Still in Brazil…  next stop are the amazing waterfalls at Iguazu and our view over the two options there, the Argentinian and Brazilian side. 

 

Share Button

Post a Comment

Your email is kept private. Required fields are marked *